sábado, 18 de outubro de 2008

Jornalismo Grotesco e sem escrúpulos


Meus caros, A finalização do caso Lindemberg conseguiu ultrapassar todos os absursos possíveis, em matéria de cobertura jornalistica. O grotesco mais uma vez se fez presente na transfomação do sequestrador em estrela midíatica.

A
falta de responsabilidade de alguns veículos de comunicação, como a Rede TV! Record e a TV Globo, acabou por desestruturar todo o trabalho de resolução do caso, por parte da polícia paulista. Não quero nem comentar a atuação das autoridades policiais, que foi um festival de incompetência e medíocridade.

O fato é que o trabalho jornalistico neste tipo de cobertura precisa ser reavaliado depois desse episódio.
As empresas e os profissionais devem ser inqueridos pelo Ministério Público e assumir a responsabilidade pelo erro cometido. A prática do jornalismo requer uma Responsabilidade Social. A informação tem uma função social.

4 comentários:

marcus disse...

Lobão gostei do artigo, mas acho que você deveria ser mais didático e explicar para quem não acompanhou a cobertura jornalística na TV o motivo de criticar a Globo e a Record.
Fica a sugestão.
Marcus Valério

Fábio Alves disse...

Fica difícil tecer qualquer comentário a respeito desse caso sem cair no lugar comum, mas foi um desfecho realmente vergonhoso, grotesco, um desastre. Isso me lembrou muito o caso do ônibus 174 e tive a nítida impressão que o final seria o mesmo, mas não queria acreditar.
Ah, e concordo com o cara aí da outra mensagem, pois, eu mesmo não acompanhei todas as coberturas e fiquei boiando em parte do seu comentário.
No mais, valeu!
Abç

André Lobão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
André Lobão disse...

Meu caros, eu sinalizei um link, é só clicá-lo e vocês vão compreender melhor, o tom de minhas crítcas em relação as emissoras citadas na postagem.

Obrigado pela participação de ambos, um abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...