domingo, 29 de abril de 2012

Financiamento eleitoral e os rios de dinheiro



Por curiosidade resolvi pesquisar a prestação de contas do Deputado Federal do PR - Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, disponibilizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na internet, referente à campanha de 2010. 
Os valores não apresentam nada de absurdo, mas o que me chamou atenção foi a quantidade de doações efetuadas pelo Deputado Estadual do PR-RJ, Altineu Côrtes Coutinho, que chegaram a um total de R$ 68.582,98. Já o mesmo Altineu apresentou como principal doador ele próprio, através de seu CPF e a empresa Carta Goiás Indústria e Comércio de Papéis LTDA, como consta no site Transparência Brasil . No mesmo site verifiquei que esta empresa doou quantias também para outros seis candidatos nos estados de Goiás e Espírito Santo.


Não estou aqui fazendo qualquer tipo de acusação, mas me causa estranheza essa relação de doações e o caminho por elas percorrido. Vale lembrar que pela legislação eleitoral os candidatos cadastram um CGC para realizarem sua movimentação em campanhas, quando a partir daí recebem doações que deverão ser mensuradas como receitas para seus gastos. O fato é que a movimentação financeira se dá com a transferência de valores entre os candidatos em grande quantidade e frequência. Bom, se alguém se interessar a mexer nesse vespeiro pode mapear de qual cachoeira ou nascente esses afluentes financeiros surgem. De repente pode ter gente se afogando... Que a Deusa Oxum nos proteja!

2 comentários:

Anônimo disse...

Não entendo tais questionamentos. O deputado federal garotinho doou 68 mil reais para a campanha do Deputado Estadual Altineu Côrtes. E também o deputado doou ( investiu ) em sua campanha. Vale lembrar que cada pessoa tem o direito de doar uma porcentagem sobe o sua renda. E só para deixar claro que pude observar tanto a conta do dep. Federal Garotinho e o dep. Estadual Altineu foram aprovadas sem nenhum problema. Amigo, questionamento sem fundamentos!

André Lobão disse...

Caro Anônimo,

Dentro da legalidade está tudo correto, mas causa estranheza o percurso percorrido por este dinheiro. Na própria prestação de contas se pode observar um série de operações casadas. Afinal, para se lavar dinheiro basta apenas estar dentro da lei, não é isso?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...